Aposte no charme dos castanhos para aquecer o visual

Das nuances de castanhos mais pedidas nos salões às mudanças sem erro, confira a seguir as respostas às principais dúvidas profissionais, além de inspirações das famosas e opções de colorações disponíveis no mercado.


Para quem deseja adotar nuances para o cabelo, a técnica Elisabete Grizante, da Red Iron, conta que as mais pedidas no salão têm sido os marrons frios. “Eles criam um contraste bom com todas as cores de pele. Mas os marrons quentes fazem bonito ao serem mesclados com mechas loiro-escuras e têm muitas adeptas”, acrescenta.Ivaldo Lima, do Stylo Hair de Curitiba (PR), inclui também os naturais à cartela invernal. Ou seja, todos os tons são bem-vindos! Mas as mudanças pedem cuidados. Além de a mulher querer a transformação, o cabeleireiro e/ou colorista deve examinar minuciosamente os fios. “Faça sempre o teste de mechas para saber se o cabelo suporta coloração ou descoloração. Afinal, existem químicas de alisamento incompatíveis com descolorante”, recorda Sylvio Rezende, do Tony by Sylvio Rezende, em São Paulo.

imagem3

Do castanho-claro ao preto, que tonalidade adotar?
Tudo depende do que a cliente quer. A tendência aponta para os castanhos com mechas fininhas intercalando dois a três tons de loiro, como o caramelo. É luminosidade certa! Mas cores mais fechadas continuam marcando presença. “O castanho-escuro (3.0), muitas vezes confundido com o preto, é indicado para quem não deseja que, ao desbotar, os fios puxem para o vermelho. Já os médios (4.0) são os mais usados, mesclados com chocolate e marrom. E os claros (5.0) cobrem os grisalhos, combinam com todos os tons e são ideais para luzes e ombré hair”, considera Sylvio Rezende.

 

Comments are closed.